Home > Notícias > Competitivo > Line-up da Keyd recusa oferta de Bootcamp na Coréia

Line-up da Keyd recusa oferta de Bootcamp na Coréia

competitivo_keydcoreiaBootcamp na Coréia é recusado por nova line-up da Keyd. “A gente conhece bem esse golpe” afirma jogador assustado. Desde 2016, nenhuma equipe brasileira retornou à Coréia para treinar.

Todo fim de ano é muito comum ocorrer no Cenário competitivo o que chamamos de “dança das cadeiras”. Alguns jogadores saem de uma equipe e são contratados por outras, algumas equipes simplesmente acabam e algumas poucas permanecem com a mesma base contando com poucas mudanças.

Contudo, o ano de 2016 foi um ano um tanto quanto peculiar em relação a isso. A Equipe Keyd Stars, que na época era representada por Robo, Nappon, Takeshi, Esa, Baiano e Alocs, decidiu fazer um bootcamp na Coréia por 3 meses para obter novos conhecimentos do jogo e chegar em 2017 dominando o cenário, ou era o que parecia.

Antes mesmo do retorno dos jogadores, a organização de um dia para o outro anunciou a saída de 4 integrantes do time (Robo, Nappon, Baiano e Alocs) restando apenas Esa e Takeshi no time.

Tal decisão, tão drástica e repentina, causou um verdadeiro choque na comunidade e principalmente nos jogadores que começaram a pensar duas vezes antes de aceitar um convite para “passar uns meses na Coréia”.

Comments

comments